segunda-feira, 8 de março de 2010

A Vida de Srila Prabhupada


Prabhupada collage

Sua Divina Graça A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada apareceu neste este mundo em 1896 em Calcutta, Índia. Ele encontrou seu mestre espiritual, Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Gosvami Maharaja na cidade de Calcutta, em 1922. Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati, um proeminente religioso, estudioso e fundador de sessenta e quatro Gaudiya Mathas (Institutos Védicos) apreciou aquele educado jovem e convenceu-o a dedicar sua vida a ensinar o conhecimento védico. Srila Prabhupada tornou-se seu aluno e em 1933 seu discípulo formalmente iniciado.

Em seu primeiro encontro, em 1922, Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati pediu a Srila Prabhupada para que difundir o conhecimento védico em inglês. Nos anos seguintes, Srila Prabhupada escreveu um comentário sobre o Bhagavad-gita, ajudou o Gaudiya Matha em seu trabalho e, em 1944, começou a publicar a "Back to Godhead", uma revista quinzenal em inglês. Atualmente, a revista continua sendo editada pelos seus seguidoras.

Em 1950, Srila Prabhupada deixou a vida de casado, adotando a ordem vanaprastha (retirado) para dedicar mais tempo a estudar e escrever. Ele viajou para a cidade santa de Vrndavana, onde viveu em humildes circunstâncias no histórico templo de Radha-Damodara. Ele aceitou a ordem de vida renunciada (sannyasa) em 1959. Em Radha-Damodara, Srila Prabhupada começou a trabalhar em sua obra-prima: uma tradução comentada de vários volumes do Srimad-Bhagavatam (Bhagavata Purana).

Depois de publicar três volumes do Bhagavatam, Srila Prabhupada foi para os Estados Unidos, em setembro de 1965, para cumprir a missão que lhe foi dada pelo seu mestre espiritual. Após isso, ele escreveria mais de cinqüenta volumes de estudos e traduções comentadas sobre clássicos filosóficos e religiosos da Índia.

Quando chegou à cidade de Nova Iorque em um navio de carga, Srila Prabhupada não tinha praticamente nenhum dinheiro. Somente depois de quase um ano de grandes dificuldades, ele estabeleceu a Sociedade Internacional para Consciência de Krishna, em julho de 1966. Antes de falecer, em 14 de novembro de 1977, ele viu sua Sociedade se transformar em uma confederação mundial de mais de cem centros, escolas, templos, institutos e comunidades rurais.

Dentre as comunidades rurais que Srila Prabhupada estabeleceu está a New Vrindaban, em West Virginia, E.U.A. New Vrindaban é hoje o local onde foi construído um memorial em honra de Srila Prabhupada, o "Srila Prabhupada Palace of Gold".

Srila Prabhupada inspirou a construção de vários centros internacionais na Índia. O centro de Sridhama Mayapur é um local para uma cidade espiritual planejada. Em Vrindavan estão o templo de Krishna-Balarama e a Internacional Guesthouse, a escola gurukula e o Museu Memorial Srila Prabhupada. Há também outros importantes centros culturais e templos em Bombay, Ahmedhabad, Bangalore e New Delhi. Estão sendo planejados outros centros em vários locais importantes no subcontinente indiano.

No entanto, a contribuição mais significativa de Srila Prabhupada são seus livros, os quais são altamente respeitados por estudiosos, devido à sua autoridade, profundidade e clareza.

Em apenas doze anos, desde sua chegada à América em 1965 até sua passagem em Vrindavana em 1977, e não obstante a idade avançada, Srila Prabhupada circulou o globo quatorze vezes fazendo conferência em seis continentes. Mesmo com esta vigorosa programação, Srila Prabhupada continuou escrevendo prolificamente. Suas obras constituem uma verdadeira biblioteca de filosofia, religião, literatura e cultura Védicas.

Descubra mais sobre o tipo de pessoa bondosa e cheia de compaixão que era Srila Prabhupada, e como ele tocou a vida de tantas pessoas e tanto fez em tão curto espaço de tempo. Leia sua biografia "Prabhupada Lilamrta".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sri-Krsna-Caitanya Prabhu Nityananda
Sri-Advaita Gadadhara Srivasadi-Gaura-Bhakta-Vrnda
vanca-kalpatarubhyas ca krpa-sindhubhya eva ca
patitanam pavanebhyo vaisnavebhyo namo namah

"Respeitosas reverências aos Vaisnavas, devotos do Senhor, que são como árvores de desejos que satisfazem todos e completamente compassivos com as almas caídas condicionadas".

Sri Guru-carana-padma

Os pés de lótus de Sri Guru

Srila Narottama dasa Thakura


sri guru-carana-padma, kevala bhakti-sadma

vando mui savadhana mate

jahara prasade bhai, e bhava toriya jai

krsna-prapti hoya jaha ha’te


Os pés de lótus de Sri Gurudeva são o depósito de riquezas de sri, prema-bhakti imaculada por Krsna. Mui cuidadosamente adoro e sirvo estes pés de lótus (gurupada padma). Por sua misericórdia, ó irmão, qualquer um pode atravessar este vasto oceano de miséria e alcançar os pés de lótus de Sri Krsna.


guru-mukha-padma-vakya, cittete koriya aikya

ara na koriho mane asa

sri guru-carane rati, ei se uttama gati

je prasade pure sarva asa


As palavras que emanam da boca de lótus de Sri Gurudeva devem ser abraçadas dentro do coração. Nenhuma aspiração, além de suas palavras, deve lá entrar porque suas instruções conduzem-nos ao objetivo mais elevado – rati, ou apego aos seus pés de lótus. Por sua graça, todos nossos desejos por perfeição espiritual são satisfeitos.


caksu-dana dila jei, janme janme prabhu sei

divya-jñana hrde prakasito

prema-bhakti jaha hoite, avidya vinasa jate

vede gaya jahara carito


Ele me concede a dádiva da visão transcendental e ilumina o meu coração com conhecimento transcendental. Ele é meu mestre nascimento após nascimento. Dele emana prema-bhakti, amorosa devoção divina, pela qual a ignorância é destruída. As escrituras védicas cantam o seu caráter.


sri guru karuna-sindhu, adhama janara bandhu

lokanatha lokera jivana

ha ha prabhu koro doya, deha more pada-chaya

tuwa pade lainu sarana

(ebe jasa ghusuka tribhuvana)


Sri Gurudeva é o oceano de misericórdia, o maior amigo dos desamparados, a vida e alma de todos! Ó mestre, seja misericordioso! Ai de mim! Ó Gurudeva, dê-me sombra aos seus pés de lótus – pois a eles me rendi. (Agora sua fama se espalhará por todo os três mundos).

Jaya Srila Prabhupada Jaya Srila Gurudeva !!!